A Clínica Interdisciplinar com Crianças e Jovens Surdos

Apresentação 

Este curso de formação em serviço visa a ampliar/incluir [a] fonoaudiólogos uma experiência anteriormente direcionada exclusivamente a psicólogos e psicanalistas, por meio do curso de aprimoramento “A Clínica Psicanalítica com Criança e Jovem Surdo”. Nos últimos 7 (sete) anos, as coordenadoras técnica e acadêmica, respectivamente psicóloga Josefina Martins Carvalho e a fonoaudióloga Kathryn Marie Pacheco Harrison, idealizaram, organizaram, ministraram as aulas e supervisionaram conjuntamente os profissionais que se matricularam. Obtivemos, como resposta, a aprovação unânime desse formato interdisciplinar de funcionamento, constatação que nos levou a pensar na presente modificação: a inclusão de fonoaudiólogos na população à qual se destina o curso.

Esta não é uma simples inclusão de profissional de outra área como aluno, muito pelo contrário. Traz, em sua ideação, a compreensão de que o olhar, os pressupostos teóricos e práticos de duas áreas diferentes, quando em contato na supervisão dos atendimentos, produzem um efeito potencializador na compreensão e na condução dos casos, que vai além da somatória dos saberes específicos de cada uma delas. Dessa forma, buscamos construir uma modalidade de formação que revele a mais pessoas o que nossos ex-alunos psicólogos e psicanalistas vivenciaram.

Por outro lado, a formação do fonoaudiólogo ainda se vê ligada a uma visão predominantemente de reabilitação como maneira de proceder à normalização dos pacientes atendidos. Qual é o trabalho do fonoaudiólogo com a criança ou jovem surdo quando se insere a Língua Brasileira de Sinais? Facilitar a comunicação? Propiciar a inclusão social? Desenvolver a linguagem?

Deste modo, o projeto do aprimoramento interdisciplinar é propiciar a duas áreas de conhecimento a construção de um saber partilhado desde o seu início, como, por exemplo, problematizar o processo de aquisição de linguagem (oral e de sinais) sob a perspectiva da fonoaudiologia dialogando com a compreensão que a psicanálise tem da importância da linguagem na constituição da subjetividade.

Objetivo

O objetivo é apresentar aos profissionais da fonoaudiologia e da psicologia, interessados no atendimento clínico a crianças e jovens com perda auditiva/surdez, as bases da psicanálise e da clínica bilíngue, na qual estejam contempladas a Língua Portuguesa (oral ou escrita) e a Língua Brasileira de Sinais.

Público-Alvo

Psicólogo
Psicanalista
Fonoaudiólogo

Professores em Destaque

Josefina Martins Carvalho

Psicóloga, Psicanalista, Mestre em Distúrbio da Comunicação PUC/SP, membro do Setor de Psicologia na Clinica de audição, voz e linguagem Prof. Dr. Mauro Spinelli da Derdic/PUCSP, Membro do Departamento Psicanálise da Criança do Instituto Sedes Sapientiae. e-mail: jmcarvalho@pucsp.br . Possui mestrado em Educação Distúrbios da Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). Atualmente é docente na Faculdade de Educação da PUC/SP, Habilitação EDAC; Psicóloga clínica da DERDIC/Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Tem experiência na área clínica: Psicanálise com crianças e jovens surdos. Educação, com ênfase em Educação Especial, atuando principalmente nos seguintes temas: psicanálise e educação; psicanálise e surdez; família ouvinte e filho surdo; surdez: psicodiagnóstico e psicoterapia. (Texto informado pelo autor). Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9118088366906298.

Professores em Destaque

Kathryn Marie Pacheco Harrison

Fonoaudióloga, doutora em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pelo LAEL/PUC-SP, professora do departamento de clínica fonoaudiológica e fisioterápica do curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde – FACHS/PUC-SP, coordenadora do Serviço de Atendimento Bilíngue para surdos do Setor de Fonoaudiologia da Clínica de audição, voz e linguagem Prof. Dr. Mauro Spinelli da Derdic/PUC-SP.   e-mail: kathyharrison@pucsp.br
Possui graduação em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1978), mestrado em Fonoaudiologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1994) e doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2006). Atualmente é fonoaudióloga da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e trabalha na Clínica de audição, voz e linguagem Prof. Dr. Mauro Spinelli da DERDIC-PUC/SP. Tem experiência na área de Fonoaudiologia, com ênfase em temas relacionados à Surdez e à Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Atua principalmente nos seguintes temas: clínica de linguagem na surdez a partir da perspectiva bilíngue, educação de surdos, educação inclusiva, políticas educacionais para minorias, com base em uma abordagem interdisciplinar. A partir da pesquisa de doutorado, desenvolvida na linha de pesquisa "Linguagem e Trabalho", do grupo Atelier, do Programa de Estudos Pós-graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem - LAEL, da PUC/SP, inicia reflexões a respeito da formação de intérpretes de LIBRAS-Português, Português-LIBRAS, buscando articular estudos da linguagem e estudos sobre o trabalho. Coordenou o Curso Superior de Formação de Intérpretes de LIBRAS da Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP de julho de 2009 a dezembro de 2010, onde lecionou de 2006 a 2010. (Texto informado pelo autor) Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5193385552412520.

Corpo Docente 
Inscrição 
  1. Inscrição: após o cadastro de sua inscrição, serão gerados automaticamente um boleto e um comprovante de inscrição. Uma mensagem de confirmação será enviada para o seu endereço eletrônico.
  2. Confirmação de inscrição: sua participação no processo de seleção estará confirmada tão logo seja efetuado o pagamento da inscrição.
  3.  Em caso do responsável financeiro não ser o próprio aluno, deverá ser assinado o TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS pelo efetivo responsável, cujo documento deverá ser solicitado pelo seguinte e-mail: contasareceber@pucsp.br e  entregue pessoalmente nesse mesmo setor.
  4. Processo de seleção: leia atentamente o Edital para obter informações.

PUC-SP - DERDIC

Faça sua inscrição

TAXA DE INSCRIÇÃO

  • R$ 160,00 - Não há devolução da taxa de inscrição.

Para saber o valor total do curso, consulte a aba Investimento, no menu vertical esquerdo, ressaltando que o valor está sujeito a reajustes nos termos da Lei 9.870/99.

DOCUMENTOS

  • Cópia do CPF, RG e comprovante de residência (com CEP)
  • Cópia autenticada do Diploma de Graduação para graduados e cópia autenticada do Histórico Escolar para graduandos 
  • 1 foto 3x4 recente

Os documentos deverão ser anexados através do menu "Enviar Documentos" no Portal de Inscrições, no ato da inscrição. O aluno responsabiliza-se pela absoluta exatidão e veracidade dos documentos anexados no Portal de Inscrições. (Você poderá verificar os documentos pendentes no menu "Doc. Pendentes" no Portal de Inscrições)

A REALIZAÇÃO DO CURSO ESTÁ SUJEITA A NÚMERO MÍNIMO DE MATRICULADOS.

Caso o curso não se viabilize, você será avisado (a) com antecedência à data prevista para o início das atividades. Somente neste caso, a taxa de inscrição e matrícula serão devolvidas.
Em caso de dúvidas entre em contato pelo e-mail: inscricaocogeae@pucsp.br

Estrutura Didática 

Seminário e aulas teóricos: a leitura dos textos selecionados visa a dar ao aluno os subsídios teóricos básicos para o desenvolvimento de uma concepção de constituição do psiquismo e de concepções sobre a teoria da técnica psicanalítica bem como da clínica fonoaudiológica na perspectiva bilíngue para surdos, apresentando as bases para a compreensão do papel da língua de sinais para o desenvolvimento das atividades, tanto de fonoaudiólogos, quanto de psicólogos. É desenvolvido a partir de indicação de leituras, discussão dos textos lidos, tendo como norte uma compreensão e reflexão crítica sobre os conceitos apresentados.

Conhecimento: Pretende-se levar o aluno a pensar e desenvolver uma prática clínica com crianças e jovens surdos pautada na concepção formulada por Winnicott de “análise de acordo com a demanda”, isto é, das diferentes modalidades de intervenção do analista em função da singularidade do caso, tanto no que diz respeito ao modo de organização e funcionamento psíquicos, quanto à particularidade dos efeitos relativos a uma condição orgânica alterada, qual seja, a de não escutar.

Compreensão: Consideramos fundamental discutir as ideias a respeito da incidência e dos efeitos da surdez na família, na infância e na adolescência e sua relação com as possíveis dificuldades no campo da subjetividade.

Aplicação: Favorecer a prática clínica por meio da articulação entre teoria e prática.

Análise: Oferecer subsídios aos alunos de forma a que possam estabelecer hipóteses diagnósticas, que favoreçam a construção de projeto terapêutico singular para cada caso atendido.

Síntese: A partir dos conhecimentos adquiridos no seminário teórico, o aluno deverá ser capaz de desenvolver a sua escuta clínica em direção a enriquecer o instrumento a ser utilizado na intervenção em função da singularidade do caso.

Supervisão clínica dos atendimentos: visa a oferecer sustentação para a prática clínica articulada às questões teóricas que se apresentam, com base no material clínico colhido em atendimento clínico realizado pelo aluno, levando em conta os aspectos da transferência e contratransferência envolvidos. Visa, também, a oferecer subsídios para a compreensão e manejo das interfaces orgânica, social e psíquica. A profª Ms. Josefina Martins Carvalho do Setor de Psicologia realizará semanalmente a supervisão clínica psicanalítica em conjunto com a Profª. Drª. Kathryn Marie Pacheco Harrison, responsável pela análise dos fatores de linguagem, da audição e dos discursos em Libras dos pacientes surdos.

Atendimento clínico dos casos: Os alunos realizarão obrigatoriamente atendimento a pacientes da fila de espera do Setor de Psicologia e do Serviço de Atendimento Bilíngue composta por uma demanda constante de atendimento para crianças e adolescentes surdos. Fazem parte do atendimento a elaboração de relatório clínico do caso, no final do curso, a participação nas discussões clínicas interdisciplinares dos casos atendidos no grupo.

Duração 
1 ano
Turmas e Horários 

Início: 08 de março de 2018
Término: 13 de dezembro de 2018
Dia da semana: quinta-feira
Horário: 16h00 às 20h00

Inscrição até 16 de fevereiro de 2018

Entrevistas: 22 de fevereiro de 2018 – 16h – DERDIC

Leia atentamente o Edital

Local 

Derdic

Rua Estado de Israel, 1056 

Vila Clementino - São Paulo/SP
CEP: 04022-000
Telefone: (11) 5908-8000
http://www.pucsp.br/derdic

Categoria 
Aprimoramento
Situação 
Matrículas abertas
Áreas de conhecimento 
Investimento 

Investimento total do curso:

  • Matriculas de 23/02/18 e 26/02/18
    Matrícula de R$ 776,99 + 9 mensalidades de R$ 776,99 (Abril a Dezembro)

Se você faz parte da rede Colaboradores, após a conclusão de sua inscrição entre em contato conosco de 2ª a 6ª feira das 9h às 18h pelo telefone (11) 3124-9628 ou pelo e-mail: relacionamentocogeae@pucsp.br. Os documentos necessários para a concessão do desconto são: Carta Colaboradores, disponível no site https://colaboradores.com.br/ e Declaração de Vínculo de sua Empresa atualizada.

IMPORTANTE: 
A renovação do desconto é semestral. Por isso o aluno deverá comprovar o vínculo da parceria entregando a carta Colaboradores e declaração de vínculo de sua empresa a cada semestre para obter a renovação do desconto. 

Conecte-se à PUC-SP